Perguntas Frequentes

01. O que são implantes osseointegrados?

São uma nova geração de implantes, introduzidos a partir da década de 60, mas que só agora atingem um grau de aceitabilidade pela comunidade científica internacional. São, normalmente, parafusos de titânio introduzidos cirurgicamente nas áreas desdentadas e, sobre eles, são instalados dentes artificiais (prótese dentária).

02. O que existe de mágico no titânio?

Nada. É um material usado em Ortopedia há muitas décadas. Simplesmente o titânio não sofre corrosão quando inserido no corpo humano e não apresenta fenômenos de rejeição imunológica.

03. Se não tiver osso suficiente, existem maneiras de aumentar a quantidade de osso disponível?

Sim, após enxerto.

04. Quais os riscos cirúrgicos?

Mínimos. A cirurgia é feita normalmente com anestesia local e é muito mais simples que outros procedimentos cirúrgicos odontológicos, como a extração de um dente incluso, por exemplo. 0 pós-operatório é muito bom e a maioria dos pacientes não relata qualquer incômodo maior

05. A prótese fixada por implantes é melhor que as convencionais "ponte móvel" e "dentadura"?

A exemplo das próteses fixadas sobre os dentes, as fixadas sobre os implantes têm como maior vantagem não se soltarem durante a mastigação, propiciando maior conforto, segurança e eficiência.

06. Os resultados estéticos são bons?

Sim, as prótese sobre implante estão cada vez apresentando resultados estéticos melhores, porém se deve sempre ter em mente que a reconstrução protética, qualquer que seja ela, é uma tentativa de se copiar um resultado perfeito que são os dentes naturais da pessoa!

07. O que é carga imediata?

É a possibilidade de instalar os implantes e a prótese em poucos dias.